top of page

10 diferentes perfis no ambiente de trabalho no Brasil

Atualizado: 21 de mar.



  • A Planta: aquele profissional que chega, bate o ponto, mas não faz muita coisa. Passa o dia enrolando, entrega o básico e, por algum motivo, não é demitido.

  • O Nepobaby: tipo de profissional que trabalha na empresa, porque é parente de alguém ou teve um “qi” (“quem indica”) importante. Não necessariamente esse perfil significa que a pessoa não é competente, mas a sua presença pode incomodar os colegas.

  • O Vilão: aquele perfil de profissional que está sempre criando intrigas. Enxerga o colega como um adversário(a) em potencial e quer tirá-lo(a) do caminho a qualquer custo. Articula seu trabalho sempre com ar manipulador, acha que tem poder e acaba se tornando o centro das atenções. Mas não se sustenta por um longo tempo. Mais cedo ou mais tarde acaba eliminado.

  • O Herói: sofre todo o tipo de provação e sofrimento. Mas dá a volta por cima e em algum momento mostra a que veio. Entrega produtividade e resultados, além de ter perfil motivador para engajar a equipe. Se a empresa onde trabalha não o enxergar assim, vai entregar seus valores, energia e sua excelência profissional em outro lugar.

  • O Sedutor: esse pode se dar bem na área de vendas. Ama os holofotes. Mas se utilizar o seu poder de sedução para dar em cima dos(as) colegas, além da demissão, pode acabar com um processo judicial no seu currículo.

  • O Bobo da Corte: aquele profissional que adora fazer gracinhas. Bem humorado, diverte os colegas e é criativo. Normalmente é bem-quisto no ambiente de trabalho. Mas se não tiver bom senso pode perder o “timing” e ser demitido na primeira oportunidade.

  • O Fofoqueiro: são aqueles que não seguram a língua na boca. Tenho certeza que você já pensou em alguém. Podem ser inofensivos, mas atenção com aqueles que elaboram a fofoca com ar de vilania, esses acabam provocando mal entendido no trabalho em equipe e acaba sendo demitido.

  • O Gincanista: aquele que é conhecido como “pau pra toda obra”. É o profissional que faz acontecer. Como o próprio nome diz: gosta de gincana. Vai se desdobrar pra cumprir os desafios e entregar resultados.

  • O Fiel Escudeiro: leal aos seus colegas, à chefia e à empresa. Mas tem extrema dificuldade quando tem que escolher um lado.

  • O Puxa-Saco: Toda empresa tem um. Aquele perfil de profissional que bajula o chefe e não tem vergonha de fazer isso em público. Esse é um perfil que incomoda os colegas, mas se tem talento pra bajular e não tem competência para as funções, vai acabar “fora do jogo”.


0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page